Redes Sociais “MALEFÍCIO OU BENEFÍCIO”

30 out

Hoje em dia estamos vivendo na “era da exposição”, onde as pessoas apresentam um desejo enorme de expressarem seus desejos, gostos e hábitos a todos que fazem parte do seu grupo de relacionamento, sejam essas pessoas amigas ou simplesmente aquelas que fazem parte do seu grupo de jogos ou profissional, tudo isso utilizando os mais novos modelos de comunicação.

Vemos a ocorrência dessa super exposição primeiramente com o surgimento dos programas de “reality show“ na década de 1990, onde pessoas comuns ao participarem desses programas obtinham seu reconhecimento público, fato esse visto em nosso dia a dia por intermédio dos meios de comunicação.

Porém como o interesse de se fazer reconhecido é de praticamente todos, foram criadas as redes sociais no meio digital em 2001, e com ela, as pessoas do mundo inteiro puderam criar seus ”profiles” se tornavam públicas e dando acesso as suas informações que antes eram privadas.

Vejo que as redes sociais se sobressairam devido ao desenvolvimento das culturas, da colocaboração e da participação comum, onde seus participantes ao darem sua exposição buscando um maior reconhecimento, desenvolveram uma forma de melhor compreender cada etinia, cultura e suas diferentes formas de vida.

Isso acarretou no grande dilema vivido por todos seus participantes, o limite entre público e o privado, e, até onde isso pode chegar, pois com as redes sociais seus integrantes tornam suas vidas públicas, ao ponto de darem informação de praticamente todos seus atos, desde seus dados pessoais, passando por seus hábitos, viagens, até mesmo informações íntimas de sua vida pessoal.

Desde 2007 com o aprimoramento dos aparelhos de telefonia móvel, os integrantes das redes sociais passaram a divulgar aos seus “amigos” o seu posicionamento em tempo real dentro do globo, fato esse posibilitado pelo surgimento dos aparelhos e serviços que se baseiam no GPS, com base no programa google maps e hoje ainda mais aprimorado temos o foursquare, sendo essa uma rede social baseada na geolocalização em que seus participantes podem divulgar até mesmo em qual estabelecimento se encontra, podendo também colocar na lista de dicas para saber opiniões sobre o local.

Fica a pergunta, é realmente correto chegarmos a esse ponto de publicidade dos nossos atos? O que isso pode gerar de benefício ou malefício a todos? Devemos ou não nos preocupar em limitar essas informações entre os integrantes de nossa rede social? Essas limitações independe de um conhecimento mais aprimorado do programa utilizado ou seus responsáveis devem facilitar seu uso?

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: